2ª via da CNH


O que é?

Quem perdeu, extraviou, ou teve furtado ou roubado seu documento de habilitação, pode obter um documento nas mesmas condições daquele que possuía. Em caso de solicitação de 2ª via do documento por roubo, poderá ser solicitada a isenção de taxa, mediante a apresentação de Boletim de Ocorrência, o qual deverá ser registrado em órgão policial, constando no documento a descrição de “roubo”, bem como a relação de documentos roubados, dentre os quais, obrigatoriamente, a CNH.

Forma de Solicitação

  1. Compareça a um CFC (Centro de Formação de Condutores) do seu município de residência ou domicílio;
  2. Apresente a documentação necessária;
  3. Obtenha a guia GAD-E para pagamento da taxa referente à expedição do documento de habilitação;
  4. Efetue o pagamento da taxa de emissão do documento em qualquer dos bancos conveniados;
  5. Aguarde a chegada do novo documento para retirada no CFC.

Documentos Necessários

  • Boletim de Ocorrência informando roubo, perda ou extravio da habilitação;
  • Documento de identificação do condutor e cópia;
  • Cópia do CPF ou comprovante de inscrição no CPF, emitido através do site da Receita Federal (caso não conste no documento de identificação apresentado);
  • Comprovante de residência (conta de água, luz, gás, telefone, rede de internet, TV por assinatura, condomínio, referente ao último mês ou contrato de locação) e cópia ou declaração de residência assinada no CFC.
Observação: Caso o endereço não tenha sofrido alteração desde o último serviço realizado, não será exigida a apresentação de comprovante de residência.

Prazo

O documento de habilitação leva cerca de cinco dias úteis para ficar disponível para retirada no CFC (Centro de Formação de Condutores).

Quanto custa?

Taxa de expedição de 2ª via do documento de habilitação: R$ 55,42.

Onde pagar?

A GAD-E é paga através dos bancos conveniados: Banco do Brasil (somente para correntistas), Banrisul, Caixa Econômica Federal, Santander, Sicredi ou Bradesco.

Onde Fazer?

A solicitação da 2ª via da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) deve ser feita em um CFC (Centro de Formação de Condutores) do município de residência ou domicílio do condutor.


Este é um serviço: Departamento Estadual de Trânsito. Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões, entre em contato com o órgão.