CNH digital


O que é?

É a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH-e) gerada em um Smartphone ou outro dispositivo móvel, por meio do aplicativo gratuito Carteira Digital de Trânsito. A adesão é opcional. A CNH-e armazena todas as informações da carteira impressa, garantindo a autenticidade do documento. Praticidade, segurança e comodidade para o condutor são algumas das vantagens da versão digital, cujo valor jurídico é o mesmo do documento impresso. 

Observação: é permitido dirigir apenas com a CNH digital, mas o condutor precisa ficar atento para o funcionamento de seu smartphone. Para eventuais fiscalizações, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que a CNH não está sendo portada, conduta sujeita a multa.

Pré-Requisitos

  • Ter uma CNH física válida com QR Code impresso no verso (o código está disponível nos documentos de habilitação emitidos a partir de 02 de maio de 2017);
  • Realizar o cadastro no gov.br, portal único do Governo Federal, que reúne os serviços para o cidadão e informações sobre a atuação de todas as áreas do governo. É necessário possuir e-mail e número de celular, para a ativação do cadastro.
  • Baixar o aplicativo gratuito Carteira Digital de Trânsito, oferecido pelo SERPRO, pela Google Play Store e pela App Store.

Forma de Solicitação

Ao abrir o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, será necessário fazer o login com os dados do cadastro no portal gov.br, informando o CPF e a senha. Usuários novos, precisarão se cadastrar, seguindo o passo a passo informado.

O aplicativo vai pedir para o usuário criar uma chave de acesso de quatro dígitos, que deverá ser digitada toda vez que a Carteira Digital for utilizada. 

Vencida essa etapa:

  1. Selecionar a opção “Habilitação”;
  2. Selecionar “Toque aqui para adicionar a sua CNH”;
  3. Não estando habilitado, o usuário deve optar um módulo de autenticação, são eles: “Validação pelo celular (Validação Facial), Certificado Digital (Portal de Serviços Denatran), Sem certificado digital (Validação de balcão do Detran). 
  4. Uma vez optado pela validação facial o usuário deverá: 

  • Informar o CEP de sua residência à época da emissão da CNH Física;
  • Efetuar a leitura do QR Code;
  • Realizar a Validação Facial, atendendo às solicitações do aplicativo;
  • Ao final da validação facial, informar o número do telefone.

Pronto está disponibilizada a CNHe em seu smartphone!


Observação: é possível gerar o documento digital antes mesmo do recebimento do documento impresso. Atualize seus dados de telefone celular e e-mail e autorize o recebimento de mensagens quando for solicitar no CFC qualquer serviço que resulte na impressão de nova via da CNH, como pedido de segunda via ou renovação da CNH. 

Quanto custa?

A geração da CNH eletrônica não tem custo. Mas, se o seu documento físico tem data de expedição anterior a 02/05/2017 e você não quer esperar pela sua próxima renovação, pode emitir uma nova CNH com QR Code. Para isso, vá a um CFC e solicite uma segunda via, com taxa de R$ 57,59.


Este é um serviço: Departamento Estadual de Trânsito. Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões, entre em contato com o órgão.